31.03
2009
Clic para ampliar
Matéria da revista Overall.
Prestige
Top Sports
Stones
Raticida skatepark
prestige...

prestige...

Olá amigo(a)s leitores do skatecurosidade

Na revista Overall de 1989, saiu matéria do Skater Fábio Bolota, com titulo : Onde se andar de skate em São Paulo, matéria trazia um “cotação”das pistas, detalhes e localização.

ZN Skatepark –
Localizada da rua Guacá em Santana
Snak gigante, mini rampa e multi transições.

Prestige Skatepark –
Localizada rua Schilling , vila Hamburquesa
half Pipe concreto, mini rampa com transfer e espaço para freestyle, som, iluminação, lanchonete, e skate shop.

QG skatepark
Localizada r Gontijo Carvalho – Pinheiros
Half pipe concreto e banks forma de oito
skate shop, som.
Foi palco da apresentação do skater Christian Hosoi.
esta pista já foi matéria no skatecuriosidade com Pista extinta.

Top sport skatepark
Localizada rua Cardoso de Almeida – Perdizes
Dois Halfs com 10 m comp, 3 de altura e 30 vertical com exteção e canion.
banks em forma de oito com coping ferro, area para street, skate shop, lanchonete, vestiário.

Ultra skatepark
localizada Av Santo Amaro – Brooklin
Half Pipe madeira 3.5 m de alura, 8 de largura, com duas extensões, mini rampa com transfer revestida de metal, toda coberta, som, iluminação, skate shop.
Foi pista de origem de toda uma geração skaters do final dos 80 inicio de 90.

Stones skatepark
Localizada João Dias – Santo Amaro
half Pipe concreto 10 m larg, 3.30 m de altura e 10 de comp.

Polato skate park
Localizada Av sete de setembro – Vila Galvão Guaraulhos
Bowl de concreto, mini rampa, área de street, som, iluminação, skate shop, lanchonete, vestiário.
Foi escola do skater Lincon Dio Ueda o Japones voador.
esta pista já foi matéria aqui no skatecuriosidade, como pistas extintas.

Rampa da Fox
Localizada R. Maria Cândida – Vila Guilherme
Half Pipe de concreto, mini rampa com corner.

Raticida Skate park
Localizada Av. Paes de Barros – Moóca
Bolw de concreto (1988) com 4 m altura e 30 de vert 8 de diâmetro, skate shop.

Tive a oportunidade de andar em quase todas estas pistas!! algumas boas, e outras mal feitas, asperas, tortas, mas a única opção para muitos skaters.
Nenhuma delas resistiu, ao tempo e a especulação imobiliária, e principalmente a baixa do skate do inicio dos anos 90.

Revista e jornais – acervo Eduardo Yndyo.

Abraço a todos

30.03
2009
Um Projeto de desing totalmente Nacional.
O Luau Skate Car 1978

Olá amig(a)os leitores do skatecuriosidade

Criada em São Paulo em 1977 , Surf e skate Shop Luau , ficou conhecida por montar uma equipe com alguns dos melhores skater da cidade de São Paulo, os decks(Mogno ou Laminado) fabricados pela Luau eram muito procurados pelo seu bom acabamento e durabilidade a fábrica também faziam rodas e capacetes
Em 1978 s Luau criou o “Skate Car” para velocidade, uma geringonça feita fibra de vidro, e com “vidros” de acrílico, com três trucks e seis rodas e desing aerodinâmico
A posição para o skater era deitado de frente, o Luau Skate Car tinha os trucks dianteiros e traseiro da marca Tracker Mid(feito pela  Paulista Costa Norte Trucks) as rodas também Costa Norte e um dispositivo de amortecimento( com molas) nos Trucks, a ajudava na absorção da imperfeições do asfalto.
O skate Car foi testado pelo skater Mickey, segundo o “Piloto” skater – na reta vai bem, mas a dificuldade e na hora de fazer curvas, já que a a traseira com um truck só, fica bem instável.

Fonte – Jornal do Skate – 1978 – acervo Eduardo Yndyo.

Abraço atodos

29.03
2009
O melhor skater de 1997 em um “Drop Insano” – fotos Átiba Jefersom



Só de shorts!!!!

Olá amigo(a)s do skatecuriosidade

O Drop aconteceu em junho de 1998, o brasileiro Bob Burnquist (tinha sido escolhido melhor skater de 1997) estava em tour pela África do sul, ao visitar a Sunglass Action Arena skatepark se deparou com uma rampa de madeira (sem plataforma)e gigante, com mais de 2 metros só de vertical.
Bob escalou a rampa pela parte de trás e em um gesto insano Dropou, só tem um detalhe! Bob estava só de Shorts, e descalço, toda sequencia foi registrada pelas lentes do fotografo Átiba Jeferson, da revista Trans Word Skateboarding Maganize, o titulo da materia para a revista não poderia ser outra um “Drop Insano”

Abraço a todos

 

27.03
2009
Coping antes…
Tirando a “gordura” do El Coping
Tamnaho da lasca foi tirada…. 1.5 cm.
Agora sim!!! agardou a todos…

Olá amigo(a)s do skatecuriosidade

O Polêmico coping( inaugurado no OSKJ em dezembro 2008) de granilite do itaguará Club (Guaratinguetá) passou por uma nova reforma, depois de ter feito muitas vitimas (inclusive eu) o “El Coping” passou por uma “dieta” e ficou bem mais “doce”, Foi tirado da parte baixa mais de 1.5 cm do “El” e na parte funda pouco mais de 0.5 cm … e lixado polido e resinado ficou 10…
Rolou uma sessiom com galera local, e todos aprovaram.
Vale lembrar que para andar precisa de autorização de um sócio(o que é facil), e é cobrada taxa de 15,00 por dia , uma vez lá dentro o clube tem toda infra (lanchonetes,banheiros e vestiários, segurança total)
Passeio legal para fim de semana!!!!

abçç a todos

26.03
2009

O Logo do presidiário.
Encarte com as Instruções de montagem!
Cell Block
Com uma área maior “protegia” mais o Deck de quebrar.
Um Fã da marca caracterizado de “Presidiário”

Olá amigo(a)s leitores do skatecuriosidade

Inventado no meio da década de 80 , pela poderosa empresa Californiana Santa Cruz, O Cell Blok era um Pads feito de Nylon ou duro plástico, com seu logótipo inconfundível e criativo skater presidiário.
A ideia da Santa Cruz que o pads por ser maior e mais largo , distribui-se os impactos causados pelos “Olies” principalmente no street, preservando o deck de rachar ou quebrar.
Com passar dos anos virou peça obsoleta, mais alguns olds skater ainda o utilizam.

abçsss

25.03
2009
Rad Pads Skateboard

esquema mostra diferença no ângulo
Tabela
Skate de slalom com Rad pad (Nose positivo e tail negativo)
Nota se a mudança de angulo!

Olá amigo(a)s do skatecuriosidade

Inventado nos anos 70, o Rad Pad Angular e um pads em forma de cunha(borracha ou duro plástico, e de várias medidas) muito utilizado na modalidade slalom.
O Rad pad vai entre o deck e o truck e por ser em forma de cunha muda o ângulo de curva do skate deixando a “cavada” mais rápida.
Utilizado nas competições de slalom onde diferença entre segundos pode classificar o skater.
Muitos skater também o usam em longboards e skates cavers.
Alguns dos profissionais do slalom antes da competição fazem uma vistoria do local, de acordo com a modalidade (Giant ou Thaigt) consultam tabela para montar o skate para melhor performance.
Quando comecei no slalom passei também a “consultar” tabela e realmente faz diferença.

abçç a todos