2009
01.28
Os alunos da escola “skateistan” – skate e Afeganistão
Aulas são dadas em uma praça com pequena transição (no passado foi uma fonte)
Sempre acompanhado de um Afegão
As meninas Maro, Hardisa, Mediza, alunas divertem com os skates

Olá amigo(a)s do skatecuriosidade

Deu no New York Times do dia 28/01/ 2009.

O skater Australiano, Oliver Percovich ( anda desde 6 anos) em 2007 o cara vendeu sua padaria pegou mala e o Skate e foi com a namorada (que arrumou emprego) para Capital do Afeganistão Cabul.
Oliver Disse que quando chegou ao novo pais com o Skate, ninguém sabia e nem conhecia Skate e todos perguntavam “o que é isto???” e quando ele andava todos ficavam “maravilhados”, principalmente as crianças ,e queriam experimentar.
Foi ai que Oliver teve a ideia criar uma escola a SKATEISTAM , que ensinava além das aulas de skate também inglês e informática.
Cara Arrumou mais 6 skates com equipamentos, e escolheu um pátio onde tem uma fonte de água(vazia) com pequena transição, apesar do lugar ser perigoso (carros bombas e sequestros, algumas vezes as aulas foram canceladas ) Oliver tb enfrentou problema com a integração de etnia, principalmente dos mais velhos.
Resolveu parte do problema dando 8 dólares para os mais velhos fazerem manutenção dos skates tirando-os das ruas e ajudando as famílias.
Oliver vem ganhando a confiança das lideranças , e já tem projeto de construir uma skatepark (Skateistan) projeto sem fins lucrativos que espera a confirmação oficial para começar obras.
Oliver Percovich pode ser considerado um Herói por levar o skate a um lugar tão remoto e perigoso.

Obrigado ao amigo Andre “Pig” Benini por indicar a matéria.

abrç a todos..

Sem comentário.

Comentári

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.