2009
03.18
Equipe de Ponta!!!
Os Decks Resinados e assinados

Tênis cano alto com proteção para cadarços.

Patrocinou muitos eventos!
O experiente Freestyle Ricardo Antigo.
Sérgio Negão representando o Brasil, competindo pela Europa.

Olá amigo(a)s do skatecuriosidade

Criada na primeira metade da década de 80, pelo skater/fotográfo Ricardo Barbeiro, a Plancton entrou forte em mercado já tão concorrido, no inicio com produtos como joelheira/cotoveleira, roupas e acessórios, e uma propaganda maciça e muito criativa nas  melhores revista e zines da época.
Montou uma equipe de semi-pro(nesta época não existia profissional de skate), com os melhores skater da época: Sergio Negão, Tioliba, Narina Garofali(vertical), Oswald”O”e Rogerio Antigo (freestyle).
Todos os semi-Pro da equipe tinha seus decks assinados, decks estes que eram muito procurados pelos skaters, com o crescimento da marca Ricardo lançou no mercado os ténis de cano alto (bem ao estilo Vision) com proteção para os cadarços, muito apreciado pelos skaters, e as rodas de 60 mm coloridas.
Patrocinou inumeros eventos no Brasil , teve como representante Sérgio Negão no mundial da Alemanhã em1988 e Tour pela Europa em 1989, e contribuiu muito para o crescimento do skate.
A Empresa Plancton encerrou atividades no inicio da década de 90, por causa dos inúmeros planos do impostos pelo governo brasileiro. Infelizmente o visionário skater Ricardo Barbero faleceu prematuramente  em setembro 2009…  mas deixou seu legado… que  Deus o Tenha..

Fonte – revistas – Overall, Skati’n, e Zines Skate News – Acervo Eduardo Yndyo.

Abraço a todos

 

15 comentários para

Comentári
  1. Adorei encontrar algo sobre a Plancton na web. Depois de 20 anos, numa das minhas mudanças, achei itens esquecidos, da minha época de skatista, e decidi remontar para voltar a curtir uns embalos. Fui numa loja entendida de skat,e com um truck pintado de branco, meio surrado das manobras radicais da minha juventude, com os amortecedores ressecados, chupetinha, essa nem existia, dava medo olhar para o Truck, mas trazia recordações de um tempo maravilhoso e que ficou gravado na minha história. Não me lembrei da marca do truck, e a crosta de sujeira era tal, que foi impossível identificar e naturalmente foi mais fácil para o vendedor, aniquilar minha emoção ao dizer que “esse troço nem vai rodar, se tu subir num skate com isso, tu vai desistir de andar de skate”. Mas minha emoção em te-lo encontrado ( o Truck ), o fato desse reencontro ter me levado aquela loja com a disposição de trazer a tona a emoção de 20 anos atrás, foi muito mais forte, então mantive a compustura e comprei o que faltava, cheguei em casa e comecei a montagem, tão dedicada como quando tinha 14 anos, limpei o truck com todo o carinho, na vontade de retribuir tanta alegria, assim, veio a maior de todas as sensações, ao localizar em alto relevo a palavra PLANCTON e trazer do fundo do bau, lembranças ainda maiores.
    Me esbaldei a tarde inteira, desse dia que vai ficar novamente na minha memória ( mais uma história pra contar ), pois meu skate novo com o truck PLANCTON ressucitado foi o que me deu mais satifação em ter subido novamente e relembrado algumas manobras e o molejo do corpo que imaginei nem existisse mais.
    Então devo isso a esse cara, RICARDO BARBERO, fica minha humilde homenagem a uma pessoa que não tive o prazer de conhecer em vida mais que certamente me proporcionou aos 34 anos, uma alegria e orgulho, por um dia ter tido a oportunidade, ha 20 anos atrás, de poder comprar um de seus produtos, e que pra mim, hoje, vale mais do que qualquer truck já construido no mundo.
    OBRIGADO MEU AMIGO, e a todos que algum dia tiveram a oportunidade de desfrutar da emoção em ter uma de suas obras primas.

  2. Quando criança estudei com um dos sobrinhos do Ricardo tive o prazer de conhecer sua mãe uma senhora muito simpatica que sempre me dava Shapes rodinhas roupas eu tinha o privilegio de ter todos os shapes que a Plancton fabricava ! pelo que lembro a Plancton continuou suas atividades nos anos 90 so que no segmento de Surf com uma produção moderadad, lembro me ainda que na praia de Camburi no litoral norte tinha ate umas placas da Plancton, acho que em 97 ou 98 o Ricardo instalado em uma loja na Clodomiro Amazona vendeu a marca para outra pessoa, e oque me lembro.
    Saudades das tarde andando de Skate no BNH da vila Beatriz bons tempos que Deus o tenha Ricardo sempre lembrarei de sua batalha para lançar e manter a marca no mercado e por isso que ainda guardo minha bermuda e uma regata super colorida da Plancton.

  3. É galera, tudo começou com camisetas de rock que o Ricardo fazia na casa dele, depois, ele lançou a Marysol, e eu fui o primeiro skatista da marca, e representando a marca, entre vários eventos, participei do 3º campeonato brasileiro de guará, que foi o campeonato da transição das categorias junior e senior, para amador e profissional, neste evento era semi pro (o primeiro campeonato com premiação em grana), e para levar essa grana, eu tinha que vencer o favorito Oswald O, e eu conseguí, mas tive que não errar nada na final, foi a vitória mais emocionante da minha vida.
    E aí o Ricardo teve que parar de trabalhar a Marysol, porque existia outra marca com o mesmo nome, e aí que surgiu a Plancton, e fiquei um tempo na marca, corri alguns eventos, como o 4º guará onde fiz dobradinha com meu irmão o Folhinha, só que desta vez fiquei em 2º lugar. Me lembro que era muito divertido fazer parte da equipe que tinha um skatesta como dono dá para imaginar como eram as reuniões. No enterro do Ricardo, estavam o Rogério Antigo, o Vitché, que trabalhou com o Ricardo nas marcas e foi da Costa Norte junto com o Ricardo eu e o Rogério, o Ascânio, o Tanabe entre outros, pareceu até que passava um filme em nossas cabeças, enfim, fique com Deus Ricardo.
    abraços a todos.

    Folha.

  4. AE rapaziada fui na inauguraçao da pista de SAO CAETANO e la estava SERGIO NEGAO.
    ELE DEU UM 360 AERIO NO RALF QUE LEVANTO A GALERA HOJE MI LEMBRO DISSO MUITO BEM,FOI PERFEITO,,,

  5. Daniel de Mauro , skatista dos anos 80 e com muita tristeza escrevo um recado para o Ricardo , Ricardo aqui ficamos nós , skatistas que davamos o sangue para uma manobra ser realizada com perfeição e vc meu pelo que eu lembro era um cara que lutou muito pelo skate como eu , que no momento só me recordo do passado , do Negão da sua marca que trazia cores , patrocinava atletas e era o cabeça da ubs , na qual tive o prazer de participar de varios campeonatos , que Deus o abençoe nessa nova vida e a ultima vez que te vi , pelo que falaram nos depoimentos foi em uma balada na Vila Madalena e que aquela noite demos muitas risadas , um abraço Amigão , Daniel de Mauro (Raticida)

  6. vamos lá Sou O Caverna,,fiz todos os desenhos da MArySOl e plancton..cresci com o Barbeiro..na Vila Madalena..desde pequeno andando na wave park..viajando pelo inesplorado litoral norte. Fiquei feliz de ver um pouco da minha arte..rs que porcaria..mas era divertido..imprimindo camiseta na Rua harmonia ao som de Ted Nugent..o preferido dee..O Vitche sempre presente..este sim um grande amigo dele e meu tbl..é assim que lembro do meu amigo….O destino pregou uma peça nele….por isso digo..cuidado com as escolhas que venham a fazer em suas vidas…espero que ele tenha encontrado a paz no outro mundo..tenho certeza disso!
    A Plancton nunca foi vendida..sim faliu por motivos obscuros algumas vezes.
    Mas vamos separar a pessoa que nosso Amigo Ricardo era disto tudo..Nós vemos mais tarde nas ondas do ceu!

    • Caverna,

      Beleza, tudo tranquilo…. Meu none é Paulo Pesente e gostaria de manter contato contigo, tambem conheci os produtos da Plancton, caso seja possível, entre em contato.
      e-mail. ppesente@gmail.com
      Abração

  7. Parabéns pelo material, grande Tiu Liba inspirou a moçada do one deck.

  8. Comecei a andar por causa do Osvald “Ô” que morava perto da minha casa e nos vendia os equipamentos da Plancton a um precinho camarada…

    • Fala Seijy,me lembro de vc..morava na rua atraz da sua casa..era vizinho do Adriano e do Renato..tbm tinha o 100 cenzinho..sempre me lembro de nossas idas a casa do Oswald,ele mostrava os eqpt novos era fantastico!!abç

  9. Olá,boa tarde rapazes​,das antigas me emociono demais com TD e todas as histórias,lendas e contos dos anos 70,80,90 do skate brasileiro nos 80 morava em Sorocaba SP. Tínhamos como vizinhos um fabrica de shapes a Answer skate boates e a Placton bombava na minha cidade junto a marca local e outras da região tive o prazer de ver essa equipe andando em 89 em um campeonato Rogério Antigo dando show no freestyle e os outros atletas mandando ver nas rampas, olha só graças a Deus isso TD entre outras ficará pra sempre como se fosse ontem….Sou deejay,já discotequei em centenas de campeonatos PL Brasil, então imaginem minha coleção de discos de vinil tem TDS sons q fizeram a história no vídeos e campeonatos no diadia da cultura SK8 valeu obrigado rapaziada… Vida longa espírito jovem e saúde é o que mais importa skate para sempre….

  10. Galera, blz gostaria de saber se alguém lembra das calcas de velcro lateral, da sims, maha, vision street wear, qual modelo das calcas???? Valew

  11. Putz eu lembro usei varias calças e bermudas assim…tinha outras marcas Aerial, Decton,Anarquia ,stret tow e mais outras

  12. Época boa foi os anos 80, fui funcionário do Ricardo na Plancton de 83 a 86 na rua Harmonia na Vila Madalena. Excelente pessoa!
    O Surfista de ondas grandes Carlos Burle tbm foi patrocinado pela Plancton Surf Wear.

  13. Meu primeiro skate foi shape plancton tio liba, rodas e trucks da plancton….me lembro até hoje

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.